Translate this Page
Ultimas Atualizações
Fevereiro de 2019  (11-02-2019)
Dia pós dia!  (31-01-2019)
Janeiro 2019  (31-01-2019)
Teologia  (30-01-2019)
Liderança  (30-01-2019)




ONLINE
2






"Um dia sem Deus é um dia a menos de felicidade , sendo assim devemos sempre continuar vivendo o mais próximo Dele, ouvir a sua voz e obedecer. Quando fazemos isso, passamos a viver bem melhor" Experimente!

 


Posso ser rico?

Posso ser rico?

 

     Ao longo da história da igreja, para ser mais preciso, desde os tempos dos Patriarcas, homens com muitas propriedades e dinheiro ouviam o chamado de Deus para uma tarefa e sem piscar atendiam, Abrão por exemplo (Gen 12) nos mostra isso, Abrão era um homem bem sucedido e servia ao Senhor. 

     Seguindo a história, encontramos Moisés (Êx 2:10), que foi criado no palácio de faraó, mais a frente, nos deparamos com Jó (Jó 1), que mesmo sendo homens com condições financeiras estáveis temiam e serviam a Deus.

     No novo testamento nos deparamos com um contexto diferente, existiam homens influentes que observavam o antigo testamento, as leis, temiam a Deus, mas já não tinham a tarefa de servir aos desígnios de Deus para exortar, conduzir ou salvar o povo.

     Surge Jesus neste cenário, filho de carpinteiro, de origem humilde, muito longe do Messias, o líder que libertaria Israel do domínio Romano conforme esperavam os judeus, mas com uma mensagem de libertação diferente, plano de salvação para o espírito, não para o corpo, e durante as muitas viagens anunciando o evangelho, jesus se depara com um jovem rico       (Mt 19:16-24), que o pergunta o que poderia fazer para receber a vida eterna, Jesus o responde lhe chamando a atenção para o cumprimento dos mandamentos, o jovem diz que já o faz, e pergunta o que poderia estar faltando.

     Jesus, toca na ferida do jovem rico. "Se queres ser perfeito, vai, vende tudo o que tens e dá aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, segue-me" Mt 19:21

     O jovem se entristeceu, porque possuía muitos bens e saiu da presença de Jesus triste.

     Certa vez Jesus disse: "Porque  onde estiver o teu tesouro, aí estará também o teu coração" Mt 6:21

     Não estamos impedidos de ser cristãos e ser financeiramente realizados, ou se preferir, ricos, mas para garantir a sua salvação, você precisa ter em mente que o seu dinheiro e posição social, não vão lhe dar acesso ao céu, na verdade, pode lhe tirar dele se você não tiver entendimento que estas bênçãos são decorrentes de seu compromisso com Deus e por fazer a sua vontade, e estes recursos, precisam ser usados em favor do reino e dos seus irmãos em cristo e não guarda-los em cofres bancários, formando patrimônios faraônicos para deixar para os seus filhos ou herdeiros.

     Se Deus tem te abençoado e você não deixa de estar presente nas atividades da igreja, nos cultos, é fiel nos dízimos e ofertante generoso, ajuda o trabalho social, gera empregos para muitas pessoas, principalmente os domésticos da fé, você tem tudo para continuar sendo abençoado e somado ainda mais os seus bens, contudo, se você foi abençoado e por conta das conquistas materiais você se afastou da igreja, não ajuda ninguém com medo de faltar para a sua ostentação, não oferta e nem é dizimista e não é generoso, não culpe Deus se as coisas mudarem, pois estes tipos de pessoas só procuram Deus nos momentos de dificuldade, enquanto os que tem seu coração em Deus, por mais dinheiro que possam ter, não se afastam do Senhor e nem dos irmãos e sempre tem prazer de ajudar.

     Resposta a pergunta do título: Sim, poso ser rico, desde que a riqueza não seja meu maior tesouro, meu foco, minha prioridade. Mas que o meu maior tesouro seja a salvação da minha alma e usar todos os recursos possíveis que Deus me conceder para que um número maior possível de pessoas tenham pleno conhecimento da verdade que pode os libertar, que é reconhecer Jesus como salvador e segui-lo.

Robson Ferreira 10/01/2019